fbpx
Início > Verão

Verão

confira dicas para refrescar o seu pet na estação mais quente do ano

O Verão chegou com força total na capital baiana e os pets também precisam de cuidados especiais neste período. Com o objetivo de proporcionar saúde e bem-estar ao seu gato ou cachorro, a equipe de veterinários da Semeve elaborou uma série de dicas. Confira!

1.    Local fresco: seu pet merece uma casinha ou um cantinho bem fresquinho. Então, fique ligado se o local bate sol o dia inteiro. Opte por um ambiente de sombra e que tenha boa ventilação.

2.     Água à vontade: forneça água limpa, fresca e se possível, geladinha. Uma dica interessante: alguns animais gostam quando a água está acompanhada com pedrinhas de gelo.

3.    Refrescante: que tal oferecer ao seu pet uma sobremesa refrescante diferente, como picolé? Basta colocar no copinho descartável suco de frutas sem açúcar ou água de coco, adicionar um palitinho no meio e colocar no congelador. Quando estiver congelado, rasgue o copinho e espere um pouco, antes de servir para seu amiguinho não queimar a língua.

4.    Protetor solar: os pets também sofrem com a exposição excessiva aos raios solares. Por isso, existem protetores solares, de marcas específicas para animais, que são hipoalergênicas e que não saem na água. Na Semeve você encontra essa e outras novidades para o Verão.

5.    Passeios: opte por passear com o pet no início da manhã ou no final do dia, qual o sol está mais brando. Assim, eles não queimam os coxins, que são as ‘almofadinhas’ que ficam nas patinhas.

6.    Banho e tosa: mantenha essa prática sempre em dia, pois o seu pet pode sofrer bastante com o excesso de pelos. Peça orientação ao médico veterinário sobre a periodicidade ideal para cada raça, principalmente porque, neste período, aumenta a incidência de parasitas, como pulgas e carrapatos.

7.    Segurança: jamais deixe o pet sozinho no carro enquanto vai fazer algo, mesmo que seja rapidinho e de janelas abertas. A temperatura do carro pode subir demais e causar danos graves ao seu animal, até mesmo a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?