fbpx
Início > Diabetes canina

Diabetes canina

Diabetes: cães também podem desenvolver o problema


Você sabia que o seu animal de estimação também pode ter diabetes? Isso mesmo! O problema, que acomete principalmente cães adultos e idosos, é ocasionado por uma falha na produção de insulina, que é um hormônio responsável por processar a glicose no sangue. Sem ele, o corpo do animal não consegue realizar ações fundamentais, como garantir a produção de células saudáveis e o processamento de alimentos. Dentre as causas do problema destacam-se: fator genético (o pet já nasce com essa disfunção), sedentarismo e má alimentação.

Entre as principais consequências estão catarata, que pode levar à cegueira, problemas no pâncreas e infecções no trato urinário, respiratório e na pele. Uma falta de controle da glicemia pode, também, levar a um quadro metabólico grave que, se não controlado, pode causar a morte do animal.

Por muitas vezes ser uma doença silenciosa, é fundamental ficar atento aos indícios, como excesso de ingestão de água, aumento da quantidade de urina, perda de peso – mesmo o animal se alimentando bem – e presença de formiga ao redor da urina do pet. Em casos mais sérios, ocorrem quadros de vômito e fadiga.  

O diagnóstico do diabetes é dado somente por um médico veterinário, principalmente um endocrinologista, que acompanha o quadro clínico e realiza exames, como bioquímicos e de urina, além de hemograma completo e ultrassonografia abdominal. O tratamento envolve uso de medicações, exercícios e dieta específica, além do monitoramento caseiro pelos tutores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?