fbpx
Início > Fogos de artifício

Fogos de artifício

Saiba como evitar o estresse do seu pet no São João

Bombas, rojões e até mesmo os traques costumam ser intensificados no período junino. O barulho, que já incomoda os humanos, pode assustar e estressar também os animais de estimação, como cães e gatos. O motivo é a sensibilidade da audição desses animais: ou seja, um simples estrondo pode se tornar um incômodo potencializado.

Como reação, alguns pets costumam latir e procurar um ambiente seguro e tranquilo. Outros ainda desenvolvem fobias, entram em pânico, saem correndo e se perdem dos donos. Ao fugirem  correm o risco de nunca mais serem encontrados, sem falar da possibilidade de atropelos. Tem aqueles que reagem aos fogos tentando abocanhá-los e, dessa forma, podem sofrer queimaduras e fraturas ósseas. 

Para saber se o seu pet sofre com sons intensos é só observar alguns sinais, como ansiedade, tremores, hiperatividade, agressividade, busca por esconderijo, choro e latidos intensos. No entanto, existem práticas que podem amenizar esse sofrimento.

A primeira dica é manter o pet em um local na casa em que ele se sinta mais confortável e seguro. Fechar janelas para amenizar o barulho e manter as portas e portões fechados para evitar fugas são atitudes essenciais.

Reaja naturalmente quando houver estrondo de fogos para que seu pet não ache que aquela situação é perigosa para ele. Muitos tutores têm a reação de segurar o pet no colo, fazendo-o acreditar que aquele barulho o coloca em risco. Em paralelo a isso, alise o animal, ofereça um brinquedo ou biscoitinho, de modo que ele associe o barulho a algo positivo.

Outra dica importante é deixar o animal livre de coleiras, de modo que eles não se machuquem durante a tentativa de fuga na queima de fogos. Existem ainda medicamentos naturais que acalmam o pet, que só podem ser prescritos por um veterinário. 

E, por fim, se você for viajar no período junino, não deixe seu pet sozinho! Caso levá-lo com você não seja uma opção, uma alternativa é deixá-lo sob a guarda de parentes ou amigos de confiança ou até hospedá-lo em hotéis especializados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?